LAUDO DE PATOLOGIA

LAUDO DE PATOLOGIA

AGENDE SUA CONSULTA

WHATSAPP

ENCONTRE-NOS

Av. Antônio Carlos Magalhães, 811, Sala 402, Itaigara, Salvador - BA

TELEFONE PARA CONTATO

(71) 3358-1732

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

De Segunda à Sexta, das 07 às 18h.

Sábado, das 07 às 13h

Exames

ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA

O exame de Endoscopia Digestiva Alta é utilizado para avaliar o esôfago, estômago e duodeno. Um aparelho flexível é introduzido pela boca e deslocado até o duodeno, transmitindo imagens para um monitor, onde se pode observar à mucosa (camada que recobre internamente o tubo digestivo) e as possíveis alterações que possam existir, a exemplo de gastrite, esofagite e úlceras.

O exame de Endoscopia está indicado na investigação de diversos sintomas, como azia, dor abdominal, náusea, vômitos e dificuldade de engolir. O exame é realizado com sedação anestésica venosa, portanto é indolor e tem duração aproximada de 10 a 15min.

Lista de procedimentos que podem ser realizados durante o exame de Endoscopia Digestiva:

• Biópsias e/ou citologia
• Polipectomia do esôfago, estômago ou duodeno
• Injeção de substância medicamentosa por Endoscopia (exemplo: tatuagem)
• Mucosectomia
• Cromoscopia digital, óptica ou com corantes (exemplo: índigo carmin)
• Ligadura elástica do esôfago, estômago ou duodeno
• Esclerose de varizes de esôfago, estômago ou duodeno
• Hemostasia mecânica do esôfago, estômago ou duodeno (hemoclipe)
• Hemostasia térmica por Endoscopia (plasma de argônio)

 

COLONOSCOPIA

A Colonoscopia é realizada através da introdução de um aparelho flexível com iluminação central introduzido pelo canal anal, para avaliação da mucosa do reto, intestino grosso e íleo terminal (porção final do intestino delgado). Trata-se de um exame completamente indolor, feito com sedação anestésica venosa e possui duração média de 30 minutos.

Para realizar esse exame, é necessário efetuar um “preparo do cólon”, que nada mais é que um procedimento de limpeza das fezes dos intestinos, através de uma dieta especial (predominantemente líquida) e o uso de laxantes, com o objetivo de permitir boa visualização da mucosa intestinal durante o exame.

A Colonoscopia está indicada para prevenção do câncer do intestino grosso e reto, cuja incidência é crescente, em ambos os sexos, e deve ser realizado a partir dos 45 anos de idade, ou antes, nos casos de história familiar de câncer colorretal. Outras indicações da Colonoscopia são sintomas como sangue nas fezes, constipação ou diarréia persistente.

Lista de procedimentos que podem ser realizados durante o exame de Colonoscopia:

• Biópsias e/ou citologia
• Polipectomia do cólon ou reto
• Injeção de substância medicamentosa (exemplo: tatuagem com tinta nanquim)
• Mucosectomia
• Cromoscopia digital, óptica ou com corantes (exemplo: índigo carmin)

 

COLONOSCOPIA COM MAGNIFICAÇÃO E LBI

Aumenta o poder de detecção de anomalias, como cânceres, auxiliando e permitindo identificar lesões, que passariam despercebidas em endoscópios tradicionais. As imagens captadas em altíssima definição, 1080p – Full HD, de magnificação óptica 390x, é inédito na endoscopia e permite imagens próximas às microscópicas, com previsão do tipo histológico da lesão, ou seja, do conjunto celular da lesão. Um aspecto a destacar é a eficiência do equipamento na prevenção do câncer gastrointestinal – esôfago, estômago e cólon.

 

RETOSSIGMOIDOSCOPIA FLEXÍVEL

A Retossigmoidoscopia Flexível é um exame endoscópico que permite a visualização do interior do segmento inferior do intestino grosso (cólon sigmóide), reto e região anal. O instrumento utilizado é um tubo flexível que é introduzido pelo canal anal após aplicação de um anestésico local. Esse aparelho possui uma mini câmera em sua extremidade final, a qual transmite as imagens para um monitor colorido em tempo real.

Normalmente, não há necessidade de sedação, afinal a Retossigmoidoscopia é um exame relativamente rápido (possui duração aproximada de 15 minutos) e costuma ser bem tolerado mesmo sem anestesia venosa.

O exame de Retossigmoidoscopia está indicado para auxiliar o diagnóstico de sangramento retal, sensação de desconforto perianal, sensação de “caroço” (nodulação) em região anal (investigação de doença hemorroidária), perda de muco e/ou pus nas dejeções, alteração de ritmo intestinal (obstipação/diarréia persistente), e ainda para avaliação de tumores da porção final do intestino grosso, reto e ânus.

Lista de procedimentos que podem ser realizados durante o exame de Retossigmoidoscopia:

• Biópsias e/ou citologia
• Polipectomia do cólon ou reto
• Injeção de substância medicamentosa (exemplo: tatuagem com tinta nanquim)
• Mucosectomia
• Cromoscopia digital, óptica ou com corantes (exemplo: índigo carmin)
• Hemostasia mecânica do cólon (hemoclipe)
• Hemostasia térmica do cólon (plasma de argônio)

 

PHMETRIA

A Phmetria é um procedimento que mede o refluxo ácido do estômago para o esôfago e para a faringe.

Atualmente, é o exame mais adequado para diagnosticar o refluxo gastroesofágico.

 

IMPEDANCIOPHMETRIA

Determina o tipo de ph do esôfago contribuindo assim para a correta interpretação dos sintomas relacionados ao refluxo.

 

MANOMETRIA ESOFÁGICA

Manometria esofágica é um exame que mede as contrações do esôfago.

O esôfago é o tubo longo muscular que liga a garganta ao estômago. A manometria esofágica mede as contrações musculares rítmicas (peristaltismo) que ocorrem no esôfago ao engolir.

 

MANOMETRIA DE ALTA RESOLUÇÃO

Permite melhor avaliação dos distúrbios esofágicos em comparação a “Manometria Convencional”.

 

MANOMETRIA ANORRETAL

A associação de diversos exames é necessária para o precisão diagnóstico-terapêutico. Alguns são voltados à detecção de alterações anatômicas e outros para análise funcional.

A manometria anorretal permite uma avaliação objetiva e quantitativa das musculatura esfincteriana do canal anal. Fornecendo informações detalhadas da função anorretal, mensurando valores como pressão máxima em repouso do esfíncter anal, as pressões máxima e média de contração voluntária, o comprimento do canal anal funcional, zona de maior pressão, sensação retal e a presença do reflexo inibitório retoanal. Assim, essas informações relacionadas à função anorretal são imprescindíveis para avaliação de grande variedade de distúrbios do assoalho pélvico, como: incontinência anal, constipação intestinal ou proctalgia fugaz. Algumas vezes, também é utilizada em avaliações pré-operatórias

 

MANOMETRIA ANORRETAL DE ALTA RESOLUÇÃO

É uma nova modalidade de avaliação fisiológica que possibilita o mapeamento pressórico de toda circunferência e comprimento do canal anal, com maior resolução, menor chance de artefatos e menor tempo de exame.

CONHEÇA A CLÍNICA

Contamos com uma estrutura capaz de lhe atender em todos os processos e exames. Estamos sempre prontos para lhe atender com excelência.

CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA
FALE COM A GENTE
Avenida Antônio Carlos Magalhães, 811, Sala 402, Itaigara, Salvador - BA
(71) 3358-1732
CONTATO@CBGEGASTRO.com.br